Coímbra, Portugal

Descubra Coímbra, a capital medieval e a cidade universitária por excelência de Portugal.

Coímbra, Portugal
Coímbra
© Leonardo Del Prete

Coímbra foi a capital medieval de Portugal durante mais de cem anos, e é a sede da maior universidade do país durante os últimos cinco séculos. A sua cidade tem uma grande importância na história de Portugal.

 

Cidade de Coímbra
Cidade de Coímbra
© Celestino Manuel
Rio Mondego, Coímbra
Rio Mondego
© Carlos Goluão
Coímbra e Rio Mondego
Coímbra e Rio Mondego
© Carlos Goulão

Na atualidade é uma cidade compacta, que deve ser visitada a pé. A sua zona histórica encontra-se junto a um vale na margem do rio Mondego, e organiza-se de forma uma espécie de “estampagem” com todos os edifícios que trazem consigo quase um milênio de história, desde o Arco de Almedina, localizado ao pé da cidade, até à Torre do Relógio, que coroa o pátio da antiga universidade.

A parte moderna da cidade encontra-se um pouco longe do centro histórico: um parque moderno com terraços, bares e restaurantes, ao lado do rio, uma fantástica ponte pedonal sobre o Mondego, grandes centros comerciais e tudo o que se pode esperar de uma cidade europeia importante.

Bairro Alto:

Se quiser explorar a cidade pode começar por visitar o Bairro Alto, onde, antigamente, residia a nobreza e o clero. A forma mais emocionante de ir para lá é através do Arco de Almedina, que é a antiga porta moura da cidade. Á esquerda, depois de subir pela rua Sub Ripas, vai encontrar a magnífica entrada manuelina do Palácio de Sub Ripas (século XVI), com as suas janelas de estilo renascentista. Um pouco mais à frente, verá a Torre do Anto, que fazia parte das muralhas da cidade.

Se voltar atrás e subir pelo Largo da Sé Velha, encontrará a Sé Velha (a antiga catedral de Coímbra), chegará até ao Museu Nacional Machado de Castro e ao Novo Campus, fundado, maioritariamente pelo Marquês de Pombal no século XVIII. Ao lado do museu, consegue ver-se a Sé Nova (Catedral).

Na parte mais alta do Largo Dom Dinis encontra-se o Museu Acadêmico, dedicado a mostrar a vida dos estudantes de Coímbra.

A Universidade Velha dispõe de um conjunto de edifícios dos séculos XVI ao XVIII, onde se destacam lugares como a Torre do Relógio, a Capela de São Miguel ou a Biblioteca Joanina.

Uma vez fora da Universidade Velha, encontrará a Universidade Nova, se bem que não conta muito como um ponto de interesse sem ser do ponto de vista arquitectónico, que apresenta um grande interesse cultural.

Ao lado da cidade universitária, no cimo do rio Mondego, encontra-se o Jardim Botânico, com o Museu Botânico.

Outros museus que podem ser considerados interessantes neste lado da cidade são, o Museu da Ciência, situado num antigo convento no Largo Marquês de Pombal, e a Casa Museu Bissaya Barreto, que se destaca pelos seus azulejos portugueses, as suas porcelanas nacionais e loiças e os seus móveis do período joanino.

Num dos lados da Praça da República, sempre animada por cafés com terraços, encontrará o acesso ao Parque de Santa Cruz, criado no século XVIII. Perto do Parque, seguindo pela Alameda do Dr. Júlio Henriques e virando à direita pela Avenida Marnoco Sousa, encontrará o Penedo da Saudade, um mirador excelente a partir de onde poderá contemplar a melhor vista panorâmica sobre Coímbra.

Outro dos monumentos mais notáveis desta zona da cidade é o Mosteiro de Santa Cruz - Panteão Nacional, erguido no século XII pelo Rei Afonso Henriques.

Baixa de Coímbra:

Esta parte da cidade inclui a Praça do Comércio, uma das praças mais bonitas da cidade e que foi uma das antigas localizações do circo romano. Nesta praça encontrará duas igrejas, a Igreja de São Bartolomeu, do século X, mas foi reconstruída 1756; e a Igreja de São Tiago do século XII.

Ao longo da Rua da Sofia podem ver-se outras igrejas do século XVI: a Igreja do Carmo, a Igreja da Graça, a de São Pedro e a de Santa Justa.

O mais interessante da Baixa da cidade está no outro lado do rio Mondego, que pode passar-se pela Ponte de Santa Clara, mas antes vale a pena dar um passeio pelo labirinto de ruas curtas e estreitas que há entre a Igreja de São Tiago e a ribeira do rio.

Uma vez no lado oposto, o primeiro edifício a destacar-se é a Igreja do Convento de Santa Clara-a-Velha, a única parte de um antigo convento de freiras clarissas que restou. Um pouco mais à frente encontrará o Parque Portugal dos Pequenitos, que é formado por réplicas a escala de monumentos e edifícios sobre la arquitectura e a historia de Portugal

Para finalizar a visita a esta margem do rio é recomendável dar uma volta pelo Jardim da Quinta das Lágrimas e pelo Convento de Santa Clara-a-Nova.

Arredores:

Coímbra também é um bom ponto de partida para explorar os arredores. Poderá fazer uma excursão interessante pelas Ruínas Romanas de Conímbriga, localizadas a só 16 km de Coímbra. A visita é capaz de durar 1 hora, e o preço de entrada (uns 4€ por adulto) inclui a entrada ao Museu Monográfico de Conímbriga e às ruínas romanas.

Também vale a pena visitar, especialmente em época alta, a Figueira da Foz, uma localidade bonita de praia muito visitada por portugueses e turistas, com o aldeamento de Buarcos somente a 3 km, altamente recomendado a surfistas.

Também não pode deixar de visitar o Castelo de Montemor-o-Velho, localizado a 25 km de Coímbra, no cimo de uma montanha íngreme; e não se esqueça de visitar a tradicional aldeia de Piódão, e a Mata Nacional de Buçaco.

A imagem da cidade muda muito dependendo da época em que é visitada, pois se o fizer durante o ano lectivo acadêmico, verá uma maior actividade, onde os jovens enchem os bares e cafés da zona antiga e a Praça da República. Se possível, é recomendável que visite a cidade durante a Queima das Fitas, no início de Maio, uma celebração animada durante uma semana, com música em directo todas as noites.

Além da Queima das Fitas, também é necessário destacar outras celebrações, como a Festa da Rainha Santa, que se celebra a 4 de Julho nos anos pares, realizando-se, na quarta feira, uma procissão com velas para levar a sua estátua desde o Convento de Santa Clara-a-Nova até ao Largo da portagem, e pelas ruas de Coímbra até à Igreja do Carmo. No Domingo seguinte há uma segunda procissão a devolver a estátua ao convento.

Hotéis perto deste lugar:

Mapa Interativo:

Transfer e Taxi

Descubra as nossas ofertas de Transfer em Portugal.

Porto
Lisboa
Faro

Hotéis

Ver hotéis nas diferentes povoações de Portugal:

Voos:

Compare voos baratos e teus reservar com antecedência para poupar dinheiro.

Aluguer de Carro

Encontre o melhor negócio em locação de veículos para as suas férias:


Copyright FeriasEmPortugal.com © - Todos os direitos reservados.