Turismo em Évora, Portugal

Explora esta cidade-museu, rica em história e gastronomia, em que o seu centro histórico foi declarado Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO.

Évora
Évora, Portugal 
© Celestino Manuel

Évora, capital do Alto Alentejo, é uma das cidades mais encantadoras e melhor conservadas de Portugal, já que está classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, desde 1986 e é denominada como “Cidade-Museu”.

Praça do Giraldo, Évora
Praça do Giraldo 
© Celestino Manuel
Catedral de Évora
Sé de Évora 
© Celestino Manuel
Templo Romano de Diana, Évora
Templo Romano de Diana 
© Celestino Manuel

Dentro das suas muralhas, datadas do século XIV, com ruas estreitas e sinuosas conduzem os transeuntes a magníficas obras arquitectónicas entre as quais se destacam: a Sé Catedral; as colunas do Templo romano de Diana, localizado próximo das Termas romanas; e a praça do Giraldo, onde se testemunhou episódios trágicos durante o período da inquisição.

Évora possui muitos recursos turísticos a oferecer, nomeadamente igrejas monumentais, praças históricas e monumentos e lugares com elevado interesse histórico, já que também é uma animada cidade universitária e conta com uma grande oferta de restaurantes, onde poderás degustar da deliciosa cozinha tradicional alentejana. Além disso, mesmo fora da cidade encontrarás monumentos neolíticos, adegas rústicas, e interessantes vilas históricas como, por exemplo, Alvito, Arraiolos, Évoramonte, Viana do Alentejo ou Montemor-o-Novo, que são por si só o motivo perfeito para a tua visita.

É uma cidade com uma história imensa, já que a povoação, outrora denominada por “Ebora”, já data antes da chegada dos romanos no século 59 a.C. Naquela época, foi um importante centro da península ibérica na conquista romana, conhecida por “Ebora Liberalitas Julia”.

Depois de passar por um período visigodo sombrio, conseguiu renascer tendo sido um importante centro comercial durante o domínio islâmico. Consequentemente foi conquistada pelos cristãos, quando Évora viveu a sua época de ouro entre os séculos XIV e XVI, principalmente graças à Dinastia de Avis.

Em 1540 foi declarada arcebispado e mais tarde, em 1559, foi fundada a universidade jesuíta. O cardeal-rei D. Henrique morreu em 1580, sem deixar descendência, assim Felipe II de Espanha assumiu o trono, deixando Évora de ser cidade da corte real, entrando em declínio. Ironicamente este acontecimento protegeu o famoso centro histórico da cidade alentejana, já que o êxito económico levou a uma melhor revitalização urbana

Uma boa altura para visitar Évora é durante as Festas Populares, que se celebram no final do mês de junho, consideradas o maior festival da cidade e uma das melhores feiras rurais da região do Alentejo. Outros eventos interessantes são a Rota dos Sabores Tradicionais, um festival dedicado à gastronomia que se celebra de janeiro a maio e o Festival Évora Clássica, um evento que dura cinco dias (normalmente a princípios de maio), oferecendo aos seus visitantes concertos de música em diversos recintos da cidade, tanto em espaços cobertos como ao ar livre.

Hotéis perto deste lugar:

Mapa Interativo:

Transfer e Taxi

Descubra as nossas ofertas de Transfer em Portugal.

Porto
Lisboa
Faro

Hotéis

Ver hotéis nas diferentes povoações de Portugal:

Voos:

Compare voos baratos e teus reservar com antecedência para poupar dinheiro.

Aluguer de Carro

Encontre o melhor negócio em locação de veículos para as suas férias:


Copyright FeriasEmPortugal.com © - Todos os direitos reservados.