Turismo no Funchal, Madeira

Conhece o Funchal, a capital, centro turístico e comercial da Ilha da Madeira, em Portugal.

Funchal, Madeira
Funchal, Madeira 
© Francisco Correia, Turismo da Madeira

Funchal, a capital da Madeira, é um centro urbano repleto de atividades, com mais de 100.000 habitantes, o que constitui cerca de um terço da população total da ilha. Os portugueses que já a visitaram falam dela como a “Pequena Lisboa”, devido à sua arquitetura elegante, às suas lojas boutique e aos seus cafés animados.

Catedral de Funchal
Sé de Funchal 
© Turismo da Madeira
Fortaleza de São Tiago
Fortaleza de São Tiago 
© FC Turismo da Madeira
Marina de Funchal
Marina de Funchal 
© FC Turismo da Madeira

O mesmo acontece em Lisboa: ruas que serpenteiam através de subidas e descidas, direitas e inclinadas, que começam e vão até ao porto. No centro encontrarás uma zona plana onde as avenidas e as praças principais apresentam flores heráldicas e árabes. Aqui, as árvores floridas oferecem sombras acolhedoras, enquanto o aroma de jasmim preenche os inúmeros pátios e jardins escondidos.

O nome Funchal significa “Hinojo” e ,diz-se, dever-se à abundância de plantas “hinojo” que Zarco, o descobridor da ilha, encontrou quando chegou, em 1420. O próprio Zarco escolheu este lugar para fundar a capital da ilha pelo excelente porto natural que a baía formava, onde, hoje em dia, atracam todo o tipo de barcos, desde cargueiros até grandes cruzeiros de luxo.

No extremo Oeste da cidade há uma zona hoteleira, que é como uma pequena cidade por si só, com lojas, supermercados, piscinas e restaurantes, que se traduz numa facilidade de acesso a tudo, para quem queira ficar aqui alojado.

A cidade encontra-se dividida em três setores pelos três rios que para aí foram canalizados, de forma a evitar o risco de inundações.

No setor Este encontra-se a zona Zona Velha, onde encontrarás diversos restaurantes. Nas ruas centrais encontrarás algumas fábricas de bordados e lojas que vendem bacalhau salgado e ervas secas. Esta zona da cidade também alberga outros lugares de interesse como o Mercado dos Lavradores.

A maioria dos monumentos da cidade encontram-se no labirinto de ruas que constitui o Centro Histórico, que tem como centro de referência a Sé (Catedral) e a Alfândega Velha (antiga alfândega), que alberga atualmente o edifício do Parlamento.

A visita à cidade pode começar na Praça do Município, delimitada por vários edifícios de interesse. No lado oriental destacam-se os Paços do Concelho (do século XVIII). No lado Sul da praça encontrarás o Museu de Arte Sacra, albergado no Antigo Palácio Arcebispal (séculos XVI-XVIII), que alberga uma coleção muito valiosa de pintura flamenga dos séculos XV e XVI.

Em frente ao dito museu, ergue-se a Igreja do Colégio São João Evangelista  (do século XVII), anexa ao colégio jesuíta, fundado pela Ordem quando chegaram à ilha, juntamente com a invasão dos corsários franceses.

Atrás do Colégio, na rua da Mouraria, encontra-se o Museu Municipal da História Natural, instalado no Palácio de São Pedro, com coleções de fauna indígena e um aquário marítimo interessante. Junto a ele poderás visitar a Igreja de São Pedro (séculos XVI-XVII), e mais acima, pela calçada de Santa Clara, o Convento de Santa Clara (século XVII), onde existia uma comunidade de freiras clarissas que em 1566 fugiu para se refugiar no Curral das Férias.

Perto desta zona encontra-se o Museu da Quinta das Cruzes, dedicado às artes decorativas do período compreendido entre os séculos XVI e XIX. Em cima da quinta, eleva-se a Fortaleza do Pico, uma fortaleza monumental construída no século XVII.

Voltando à praça do Município, descendo a Rua do Aljube que conduz à Avenida Arriaga e à Sé do Funchal (Catedral), decorada com o estilo gótico manuelino e com um interior deveras interessante.

Em frente à catedral, a Avenida Arriaga alarga-se e forma uma praça descoberta, dando lugar a uma das vias mais animadas do Funchal. Na sua calçada encontrarás vários bares, cafés, lojas de artesanato, teatros e locais de degustação de vinho da Madeira. Entre eles, destaca-se a sede da Madeira Wine Company. Aqui também se encontra o posto de turismo e o Monumento a Zarco. De seguida descobre-se o Jardim de São Francisco, um jardim botânico plantado no século XVII com uma grande variedade de espécies nativas e outras espécies trazidas das viagens às Indías Orientais, por navegantes portugueses.

O ar cosmopolita da avenida é, então, interrompido pelo antigo Forte de São Loureço (século XVI), que, até aos dias de hoje, continua a cumprir as funções militares como sede do Quartel Militar General, que inclui um palácio, que domina a Marina do Funchal, com um porto comercial e um desportivo, repleto de iates e catamarãs de todo o mundo.

Ao voltar pelo passeio marítimo até à Avenida das Comunidades Madeirenses, chegarás à Alfândega, que comunica com uma Catedral através de uma encantadora rua pedonal, com esplanadas ao ar livre.

Por cima da cidade, no topo do florido cabo rochoso, eleva-se a Igreja de Nossa Senhora do Monte, que hoje em dia traduz-se num magnífico lugar de encontro.

Hotéis perto deste lugar:

Mapa Interativo:

Transfer e Taxi

Descubra as nossas ofertas de Transfer em Portugal.

Aeroporto de Porto
Aeroporto de Lisboa
Aeroporto de Faro

Hotéis

Ver hotéis nas diferentes povoações de Portugal:

Voos:

Compare voos baratos e teus reservar com antecedência para poupar dinheiro.

Aluguer de Carro

Encontre o melhor negócio em locação de veículos para as suas férias:


Copyright FeriasEmPortugal.com © - Todos os direitos reservados.